Bolsas de Estudo
A Análise Ambiental é o campo de estudo que permite examinar as interações entre o meio ambiente e as pessoas que nele vivem. O equilíbrio complexo e delicado do mundo natural, combinado com poluentes e destruição produzidos pelo desenvolvimento e crescimento populacional, requer a necessidade de estudos científicos para entender o impacto que os seres humanos têm na Terra.

Apesar de já existirem medidas preservacionistas desde o período colonial, a política ambiental brasileira foi estabelecida na década de 30, com a intensificação da industrialização no país. O objetivo inicial era controlar a exploração de recursos naturais, sendo criadas posteriormente as áreas de preservação ambiental.

O controle da poluição industrial e a aplicação de políticas mais integradas à preservação dos recursos naturais somente foi possível com a criação da Secretaria Especial do Meio Ambiente, por meio de decreto. Em seguida, a grande conquista foi a instituição de uma Política Nacional do Meio Ambiente, reunindo todos os planejamentos estratégicos anteriores que envolviam questões ambientais.

Coleta de amostra de água (Foto: Ministério Público de Pernambuco).

O cargo de analista ambiental foi criado pela lei 10.410, em 2002. Segundo o próprio texto legislativo, são atribuições do cargo a regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental; o monitoramento ambiental; a gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; o ordenamento dos recursos florestais e pesqueiros; a conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo seu manejo e proteção; e o estímulo e difusão de tecnologias, informação e educação ambientais.

Teoria

A especialização em Análise Ambiental prepara os biomédicos com fundamentos dos principais temas que envolvem o meio ambiente e a sustentabilidade nos dias atuais. São ministradas aulas sobre saneamento ambiental, tipos de poluição, geologia, direito ambiental, gerenciamento de resíduos, ecologia, biodiversidade, entre outros.

Resoluções

Para habilitação em Análise Ambiental, os biomédicos devem realizar cursos de pós-graduação lato sensu ou strictu sensu, reconhecidos pelo MEC.

Assim, para inclusão da habilitação conforme o Conselho Regional de Biomedicina, o profissional biomédico deverá obter sua experiência comprovada das seguintes maneiras: pelos cursos de pós-graduação, na conclusão da graduação (via estágio supervisionado de 500 horas) e nas residências multi-profissionais ou biomédicas, mediante comprovação de tempo de atuação ou residência.

Prática

Os analistas ambientais podem trabalhar no setor público ou privado, analisando dados sobre diferentes temas, como solo, água, poluição do ar, geologia ou hidrologia. Eles coletam, estudam e analisam dados para propor ações e políticas com o objetivo de criar interações menos prejudiciais e mais sustentáveis.

Atuando nos governos federais, estaduais ou locais, determinam o uso adequado da terra, monitoram os níveis químicos ou biológicos no ambiente e sugerem mudanças de políticas ambientais. As empresas privadas também empregam analistas para determinar o impacto ambiental das práticas corporativas e garantir a conformidade regulatória. Os analistas ambientais podem se especializar em subáreas específicas, como análise de solo, hidrologia, geologia, biologia, análise de poluição do ar ou mineralogia, por exemplo.

Durante a jornada de trabalho, dividem seu tempo entre trabalho de campo e testes laboratoriais. Examinam amostras coletadas e realizam pesquisas para determinar a extensão e as causas das mudanças ambientais. Após a conclusão da avaliação e interpretação dos dados, os analistas relatam recomendações e soluções para criação de políticas, expansão ou modificação de procedimentos.

Perspectivas da carreira

Com a intensa industrialização mundial e recorrente preocupação com o meio ambiente, as expectativas para ofertas de emprego na área são boas. O surgimento de novas ideias sustentáveis também fornece um estímulo para a criação de cargos destinados às questões ambientais.

Empresas privadas e alguns níveis governamentais podem exigir um nível de conhecimento avançado, como mestrado em uma disciplina específica, por exemplo. Outros grupos de analistas que trabalham como pesquisadores de alto nível, interferindo em decisões políticas, geralmente possuem um nível mínimo de doutorado na área ambiental. No Brasil, o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) é um dos órgãos que oferecem vagas de nível superior com bons salários por meio de concursos públicos.

Comente!

Postagem Anterior Próxima Postagem
---
Manual da Coleta de Sangue Venoso
Adquira o seu exemplar
Seja um afiliado e venda o nosso manual - saiba como
---
---
Quer tirar fotos do microscópio com o seu celular?
Conheça o Citohelper
Utilize o cupom BIOMEDBRASIL e ganhe R$ 10 de desconto
---