Últimas Novidades

Entrevista com o biomédico fisiologista Kelton Souza

Joares Kelton de Oliveira e Souza é formado em Biomedicina (CRBM 2433) pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e em Educação Física (CREF 5114-G/BA) pela Universidade Federal da Bahia. Como biomédico, atua na área de Bioimagem na execução de exames por Ressonância Magnética e no treinamento de novos profissionais no Hospital Aeroporto na cidade de Lauro de Freitas. Como Educador Físico, atua na área do treinamento físico personalizado em corrida, natação e ciclismo na região metropolitana de Salvador e na cidade de Lauro de Freitas.
Contatos → E-mail: keltonsouza@ksperformance.com.br | Site | Facebook | Facebook KS


Entrevista

O que determinou a sua escolha pela Fisiologia?
Kelton Souza - Tudo começou após minha formação em Educação Física, quando senti necessidade de compreender mais a fisiologia humana. Daí descobri o curso de Biomedicina - pelo seu conteúdo mais aprofundado em fisiologia e bioquímica - logo me apaixonei pelo curso e pela área Biomédica.

Os dois cursos somaram conhecimentos para que eu realizasse com mais profundidade e eficiência a personalização de prescrições em treinamento físico de corrida que é um dos meus trabalhos, e, o resultado foi e é visto na prática pelos seus resultados. São realizados diferentes testes e aferições antes de toda prescrição, durante períodos pré-determinados e após o término de cada fase de treinamento prescrito. Sem o conhecimento em fisiologia fica difícil atingir um alto grau de eficiência resultado da personalização do treino.

Na área Biomédica eu trabalho com Bioimagem no treinamento de novos profissionais e na execução de exames por Ressonância Magnética e como há diferentes exames funcionais a fisiologia é imprescindível para uma boa técnica de execução.

Qual é a sua avaliação para o mercado de trabalho nessa área?
Kelton Souza - Observo um crescente e inevitável aumento de oportunidades na área da Fisiologia. Como biomédico vejo uma grande oportunidade na área de ensino, diferentes cursos na área de saúde necessitam de profissionais capacitados nessa área.

Na área da pesquisa é um universo de possibilidades.

Em diferentes áreas da atuação biomédica há grande necessidade desse conhecimento em Fisiologia.

Aponte vantagens e desvantagens na Fisiologia.
Kelton Souza - Vantagens são inúmeras e a principal acho que seja uma compreensão maior do ser humano e das possibilidades de interações entre tecnologia, uso e formulação de novos medicamentos e a crescente compreensão entre psicologia e fisiologia.

As desvantagens creio que seja que a Fisiologia é muito ampla e o profissional deve se especializar em áreas que realmente forem de seu interesse de atuação, pois na área biomédica podemos trabalhar com humanos, animais e vegetais e cada um tem sua fisiologia própria. Muitas vezes os profissionais nem tem ideia dos potenciais e das diversas áreas que a Fisiologia proporciona, portanto não ter ideia dessa diversidade é uma desvantagem.

Por exemplo, no esporte a fisiologia do exercício é uma especialização dentro da fisiologia humana que é específica e necessita de uma compreensão que vai além do simples entendimento fisiológico padrão.

Mesmo dentro da fisiologia do exercício existem “departamentos” como fisiologia em microgravidade, fisiologia para ambientes em submersão aquática profunda, fisiologia em altas altitudes…enfim, não tem como o profissional abarcar tudo com o mesmo conhecimento detalhado.

Pode-se ter um conhecimento amplo, mas quando se parte para esse nível de especificidade precisa-se ser um pesquisador, ou ter uma vivência nessa área para ter um entendimento mais específico e detalhado, pois os detalhes é que fazem a diferença na fisiologia.

Porém, essas desvantagens podem vir a ser vantagens para quem se atentar para essas riquezas que são os “diferentes ramos” da Fisiologia.

Suas considerações finais.
Kelton Souza - Amo a Fisiologia e suas possibilidades sempre crescentes. Eu tive que me especializar em Fisiologia do Exercício para poder ampliar meus conhecimentos na prescrição de treinamento físico desportivo, porém biomédicos também podem trabalhar na área do esporte como fisiologistas.

Creio firmemente que a área de saúde necessita de mais profissionais biomédicos fisiologistas. Existe um universo de possibilidades em pesquisa científica na área fisiológica  (humana, animal e vegetal) que pode ser exercida por biomédicos.

A área de ensino está carente de Fisiologistas e o biomédico é um diferencial nessa área. A área da biotecnologia necessita de mais profissionais com amplo conhecimento em fisiologia e o biomédico pode fazer a diferença. Enfim, desejo a todos os(as) biomédicos(as) que despertem essa paixão pela fisiologia.

Vocês são muito importantes!