Cursos de Biomedicina

Ao terminar o ensino médio, o aluno tem dúvidas sobre como escolher o curso superior correto. Para se matricular em um curso de Biomedicina, o estudante deve observar as suas características e o que a Instituição de Ensino Superior (IES) tem a oferecer.

Alguns pontos a se observar são grade curricular, infra-estrutura (laboratórios e salas de aula), qualidade do corpo docente e oportunidade de estágios. É bem provável que muitas não ofereçam qualidade máxima em todos os quesitos, mas cabe ao interessado priorizar o que realmente é relevante para a vida acadêmica. Criado em 1966, o curso de Biomedicina é oferecido em todos os estados brasileiros.

 Garanta a sua!

Toda IES deve estar credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) para poder emitir diplomas. Quando um curso de graduação é iniciado, este precisa ser autorizado e reconhecido pelo MEC. Depois de iniciado o curso (previamente autorizado), a instituição deverá pedir o reconhecimento para o MEC. Esse procedimento varia de acordo com a graduação, ocorrendo no segundo ano em cursos com duração de quatro anos e a partir do terceiro ano para cursos com duração superior a quatro anos.

Para permitir o reconhecimento, uma comissão do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) faz uma visita às instalações da Instituição. Vários aspectos são avaliados, como grade curricular, número e qualidade de laboratórios, lista de docentes, entre outros.

Com a inspeção encerrada, a comissão emite um parecer que influenciará diretamente na decisão dos técnicos do MEC. Em alguns casos, pode-se solicitar ajustes ou negar o reconhecimento do curso, o que obrigará o fechamento deste e a transferência dos alunos para outras instituições.

No site do e-MEC, é possível consultar todos as IES que oferecem o curso de graduação em Biomedicina, filtradas por vários parâmetros, como estado, categoria administrativa (pública ou privada) e modalidade.

Acesse o site do e-MEC e escolha o melhor curso para você!