5.9.17

Nova resolução para as atribuições do biomédico no magistério acadêmico

No dia 1º de setembro, foi publicada no Diário Oficial da União a Resolução nº 278 do Conselho Federal de Biomedicina, que estabelece novas atribuições ao profissional biomédico no magistério acadêmico.


Considerando que o magistério acadêmico contribui para a formação do aluno nas habilitações que a biomedicina proporciona e a necessidade de articulação entre a teoria e a prática na atividade de formação do aluno nas habilitações previstas na Resolução CFBM 78/2002, o CFBM prevê que o professor docente envolvido na difusão do conhecimento tenha amplo domínio sobre os aspectos técnicos, científicos e práticos da biomédica.

Assim, fica resolvido que compete privativamente ao profissional biomédico com titulação acadêmica compatível, a atuação nas seguintes searas da graduação em biomedicina:

I - Disciplinas de introdução às ciências biomédicas;

II - Disciplinas relacionadas à deontologia da profissão biomédica;

III - Coordenação de curso de biomedicina;

IV - Coordenação de estágios voltados às habilitações profissionais previstas na Resolução CFBM 78/2002.

As instituições que oferecem o curso de Biomedicina têm o prazo de 1 ano para a adequação às condições da nova resolução. Caso não sejam cumpridas, o biomédico recém-formado ficará impedido de inscrever sua habilitação profissional junto aos Conselhos Regionais de Biomedicina.

Leia o texto completo da nova resolução clicando aqui.

COMPARTILHE

Autor(a):

Os artigos do blog são destinados a estudantes, profissionais e pessoas que se interessam pela biomedicina e demais áreas da saúde. O conteúdo não visa substituir as orientações de um médico, portanto não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação.

0 comentários: