25.9.17

A pesquisa em anticorpos monoclonais no Brasil

No dia 27 de setembro de 2017, das 9h00 às 12h00, o especialista em P&D de biofármacos Renan Leonel discutirá o esforço brasileiro para desenvolver uma grande promessa da biomedicina contemporânea: os anticorpos monoclonais (mAbs).


Organizado pelo Grupo de Pesquisa Observatório da Inovação e Competitividade/NAP do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA-USP) e coordenado pelo professor Mario Salerno, o seminário abordará a importância dos mAbs em terapias, assim como os desafios para o seu desenvolvimento devido à necessidade de altos investimentos públicos e privados.

Atualmente, o mercado brasileiro é o terceiro maior do mundo para esse medicamento e cerca de 60% dos recursos utilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) são gastos na compra desses imunobiológicos. Isso demonstra a necessidade de pesquisadores brasileiros refletirem sobre o caráter transnacional e transversal das políticas de Ciência, Tecnologia & Inovação em saúde.

O evento será gratuito, aberto ao público e sediado na Sala de Eventos do IEA-USP, localizada na rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5°andar, Butantã - São Paulo (SP). Para acompanhar a apresentação no local, é necessário realizar a inscrição prévia preenchendo um formulário.

Participantes de outros locais que não conseguirem comparecer no dia do evento também poderão assistir à apresentação pela transmissão na web (http://www.iea.usp.br/aovivo), dispensando a inscrição.

Todos os dados apresentados pelo especialista Renan Leonel terão como referência informações colhidas de um projeto de pós-doutorado na Faculdade de Medicina da USP. Para mais informações sobre o tema e o seminário, acesse a página do evento.


COMPARTILHE

Autor(a):

Os artigos do blog são destinados a estudantes, profissionais e pessoas que se interessam pela biomedicina e demais áreas da saúde. O conteúdo não visa substituir as orientações de um médico, portanto não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação.

0 comentários: