Perícia Criminal

A atuação dos biomédicos na Perícia Criminal

A Perícia Criminal é parte fundamental no processo de aplicação da lei. Os peritos são responsáveis pela identificação, coleta e análise de evidências nas cenas de crime. Mais especificamente, processam amostras para que sejam utilizadas como evidência, fotografam cenas de crime, embalam, rotulam e transportam provas, documentam necrópsias, instruem investigadores, emitem relatórios e até esclarecem fatos quando solicitados por juízes nos tribunais. A rotina de trabalho é muitas vezes exaustiva, com atividades em horas que normalmente seriam de descanso.


Com base em várias áreas do conhecimento, a análise dos vestígios por meio de exames periciais deve ter qualidade e rigor técnico-científico adequados. O constante desenvolvimento de projetos e novas pesquisas auxiliam no provimento de novas tecnologias às unidades descentralizadas, a fim de manter o nível de excelência do serviço. No Brasil, o cargo de perito criminal é estadual ou federal, mas em outros países pode ser oferecido por instituições privadas, públicas vinculadas a órgãos da polícia judiciária, universidades ou órgãos autônomos.

Os biomédicos que desejam atuar como peritos realizarão análises químicas, genéticas e moleculares das evidências de um crime. As principais áreas de atuação são a laboratorial, genética forense, perícias externas (local do crime), perícias ambientais e balística forense. O exame de corpo de delito também é realizado por um perito oficial, portador de diploma de curso superior. Por envolver crimes e cenas fortes, os aspirantes à perícia devem ter como características frieza, imparcialidade, raciocínio lógico, capacidade de concentração e de interligar fatos.

A formação do profissional para a área de perícia também pode ser complementada por estágios, que possibilitam o contato com a investigação de crimes e o relacionamento direto com peritos e legistas. No Brasil são oferecidos cursos de especialização (pós-graduação lato sensu) para este campo de atuação em alguns centros de estudo do país.

Segundo dados dos últimos anos, o salário médio de um perito criminal em início de carreira no país é de aproximadamente R$ 5.000,00. Entretanto, concursos federais oferecem remunerações que ultrapassam R$ 13.000,00.

A seleção do candidato é realizada por concursos públicos, que compreendem prova escrita, teste psicotécnico, exame médico, teste físico e um curso de formação profissional (aproximadamente 4 meses na Academia Nacional de Polícia em Brasília - DF, no caso de perito federal).

Artigo por: Raphael Gonçalves Nicésio

Os artigos do blog são destinados a estudantes, profissionais e pessoas que se interessam pela biomedicina e demais áreas da saúde. O conteúdo não visa substituir as orientações de um médico, portanto não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação.

Licença Creative Commons
Esta publicação está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. Não é permitido duplicar, copiar ou reproduzir qualquer parte sem autorização prévia.

0 comentários:

Postar um comentário

2007-2016. Biomedicina Brasil. Tecnologia do Blogger.