Mercado de trabalho

Por que é difícil escolher na Biomedicina?

O grande número de opções que temos hoje pode ser considerado um fator complicante para nossa tomada de decisão! Entretanto percebo que a questão de termos dificuldade para escolhermos seja mais interna do que externa.

Acredito que o autoconhecimento é a chave para a tomada de melhores escolhas. Quanto mais nos conhecemos, mais conseguimos ver quais as oportunidades realmente são válidas pra nós e quais não!


Por exemplo, eu tive que entender que eu não tinha aptidão nem perfil para trabalhar com análises clínicas de uma forma árdua! Aulas práticas, estágios, empresa na área... Até perceber e aceitar isso, passei anos tentando me encaixar sem sucesso! Não conseguia entender que aquela área não era uma boa opção pra mim.

Ao sentir a necessidade em me conhecer melhor, fiz testes e mapeamentos sobre meu perfil comportamental e logo ficou muito claro que eu devia buscar opções que fossem ao encontro das minhas melhores habilidades e preferências.

Poucas graduações oferecem um leque tão diverso de opções de áreas a seguir e habilitações como a Biomedicina! E isso deve ser um ponto positivo, não um ponto negativo em relação a tomada de decisão!

Você pode escolher investir algum do seu precioso tempo em conhecer-se melhor ou continuar se perguntando: Por que é tão difícil escolher?



Marcos Schott é biomédico com habilitação em Análises Clínicas, formado pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas-RS e sócio da Clinemp - Clínica da Saúde Empresarial. Formado em Professional and Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching atua como coach desenvolvendo equipes e lideranças em empresas e comércio. Criador do curso Direcionamento e Planejamento de Carreira para Biomédicos ofertado em diversas universidades do Brasil.

E-mail: contato@coachingparabiomedicos.com.br
Facebook: Marcos Schott

Artigo por: Biomedicina Brasil

Os artigos do blog são destinados a estudantes, profissionais e pessoas que se interessam pela biomedicina e demais áreas da saúde. O conteúdo não visa substituir as orientações de um médico, portanto não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação.

Licença Creative Commons
Esta publicação está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. Não é permitido duplicar, copiar ou reproduzir qualquer parte sem autorização prévia.

0 comentários:

Postar um comentário

2007-2016. Biomedicina Brasil. Tecnologia do Blogger.