20 julho, 2015

Morfologia eritrocitária

Os eritrócitos são discos bicôncavos com uma área de "palidez" central e, sob condições normais, apresentam-se com o mesmo tamanho (aproximadamente 7,5µm). Quando a morfologia dos eritrócitos não está alterada, relata-se que são normocíticos (tamanho normal) e normocrômicos (quantidade de hemoglobina e coloração normais).



Algumas alterações são bem comuns em determinadas situações, mas outras estão associadas às anemias e outras desordens, o que permite classificá-las segundo a morfologia e distribuição destas células.

Microcitose
Morfologia: diminuição do tamanho dos eritrócitos, geralmente menores do que 7µm de diâmetro. O núcleo de um pequeno linfócito (±8µm) é um bom parâmetro para o tamanho de um eritrócito.
Possíveis causas:
Anemia ferropriva;
Talassemia;
Anemia sideroblástica;
Envenenamento por chumbo;
Anemia de doença crônica.


Macrocitose
Morfologia: aumento do tamanho dos eritrócitos. Geralmente são maiores que 9µm de diâmetro. Quanto à forma, podem ser redondos ou ovais e o diagnóstico ser diferente em cada caso.
Possíveis causas:
Deficiência de folato e vitamina B12 (oval);
Álcool (redondo);
Doença hepática (redondo);
Reticulocitose (redondo).


Hipocromasia
Morfologia: aumento na "palidez" central dos eritrócitos, ocupando mais de um terço do diâmetro normal da célula.
Possíveis causas:
Deficiência de ferro;
Talassemia;
Qualquer condição que conduza à Microcitose.


Policromasia
Morfologia: a coloração dos eritrócitos exibem tons de azul/cinza como consequência de captação de eosina (pela hemoglobina) e corantes básicos (por RNA ribossômico residual). Muitas vezes, são ligeiramente maiores do que as células vermelhas normais e têm formas redondas.
Possíveis causas:
Reticulocitose (sangramento, hemólise ou resposta à substituição do fator hematínico).


Anisocitose
Morfologia: aumento na variabilidade de tamanhos dos eritrócitos em uma mesma amostra de sangue. A variação no tamanho dos eritrócitos é medida pela distribuição da largura dos eritrócitos (RDW).
Possíveis causas:
Álcool;
Deficiência de ácido fólico;
Anemia hemolítica;
Anemia ferropriva;
Anemia perniciosa;
Anemia falciforme.


Formação em Rouleaux
Morfologia: aglomerações de eritrócitos que se assemelham a pilha de moedas.
Possíveis causas:
Hiperfibrinogenemia;
Hiperglobulinemia.


Aglutinações
Morfologia: aglomerados irregulares de eritrócitos.
Possíveis causas:
Crioglobulinas;
Hemólise auto-imune.


Poiquilocitose
Os eritrócitos apresentam variação na forma com algumas distorções. Alguns poiquilócitos podem indicar casos de anemias.

Esferócitos
Morfologia: os eritrócitos possuem forma mais esférica. Geralmente são menores do que um eritrócito normal.
Possíveis causas:
Esferocitose hereditária;
Anemia hemolítica imune;
Síndrome de Zieve;
Anemia hemolítica microangiopática.


Codócitos
Morfologia: os eritrócitos possuem um aumento de coloração na área de "palidez" central.
Possíveis causas:
Doença hepática obstrutiva;
Deficiência severa de ferro;
Talassemia;
Hemoglobinopatias (S e C);
Pós esplenectomia.


Ovalócitos
Morfologia: os eritrócitos possuem forma oval.
Possíveis causas:
Talassemia major;
Ovalocitose hereditária;
Anemia falciforme.


Eliptócitos
Morfologia: os eritrócitos possuem forma elíptica. A parte mais longa geralmente é o dobro da mais curta.
Possíveis causas:
Eliptocitose hereditária;
Anemia megaloblástica;
Deficiência de ferro;
Talassemia;
Mielofibrose.


Dacriócitos
Morfologia: os eritrócitos possuem forma de lágrima ou pêra.
Possíveis causas:
Fibrose da medula óssea;
Anemia megaloblástica;
Deficiência de ferro;
Talassemia.


Esquizócitos
Morfologia: os eritrócitos apresentam-se em forma fragmentada.
Possíveis causas:
Coagulação intravascular disseminada;
Anemia hemolítica microangiopática.


Estomatócitos
Morfologia: os eritrócitos possuem uma fenda linear central ou estoma (boca).
Possíveis causas:
Excesso de álcool;
Doença hepática alcoólica;
Estomatocitose hereditária;
Esferocitose hereditária.


Equinócitos
Morfologia: os eritrócitos são uniformemente espaçados e têm projeções na sua superfície de forma regular.
Possíveis causas:
Anemia hemolítica;
Uremia;
Queimaduras graves;
Doença hepática;
Anemia megaloblástica.


Acantócitos
Morfologia: os eritrócitos são irregularmente espaçados e têm projeções largas, Podem conter extremidades arredondadas.
Possíveis causas:
Doença hepática;
Pós esplenectomia;
Anorexia nervosa e fome.


Drepanócitos
Morfologia: os eritrócitos têm forma de foice.
Possíveis causas:
Doença da hemoglobina S.


Excentrócitos
Morfologia: os eritrócitos têm a hemoglobina concentrada em um dos pólos.
Possíveis causas:
Oxidação da membrana celular.


Queratócitos
Morfologia: os eritrócitos apresentam uma marca em forma de "mordida" no envoltório celular ou projeções no mesmo lado da célula.
Possíveis causas:
Anemia hemolítica angiopática;
Outras anemias hemolíticas.



COMPARTILHE

Autor(a):

Os artigos do blog são destinados a estudantes, profissionais e pessoas que se interessam pela biomedicina e demais áreas da saúde. O conteúdo não visa substituir as orientações de um médico, portanto não deve ser utilizado para autodiagnóstico ou automedicação.