Pular para o conteúdo principal

Direcionamento e planejamento de carreira para biomédicos

Muitos colegas biomédicos e estudantes de biomedicina têm me procurado frequentemente para compartilhar sua insatisfação com a profissão almejada. Os motivos são dos mais variados, e com certeza tu já deves ter ouvido a maioria dessas reclamações: "o mercado de trabalho é competitivo e não comporta o número de profissionais que se formam", "os salários não são bons na maioria das áreas de atuação", "os conselhos não atuam em nosso benefício", entre tantas outras. Não quero aqui julgar se essas reclamações são verdadeiras ou falsas, o que quero é ajudá-los a encontrarem o seu caminho para o sucesso!


E não existe receita pronta para o sucesso, cada um deve descobrir a sua. Entretanto podemos notar alguns padrões que se repetem na maioria dos casos de histórias de sucesso. Vou comentar três habilidades que julgo fundamentais nessa caminhada: autoconhecimento, responsabilidade e dedicação. Claro que essas atribuições não te garantem o sucesso, mas com certeza sem elas, o fracasso é garantido.

Autoconhecimento é essencial para a evolução pessoal e profissional. É através de questionamentos sobre minhas atitudes, sentimentos e preferências, que posso saber o que posso fazer para melhorar, o que me faz feliz, quais das oportunidades que se apresentam para mim combinam mais com meus valores, minha visão e minha missão nessa vida. Sinto que cada vez menos as pessoas dedicam tempo para desenvolver o autoconhecimento. Há milhares de distrações lá fora, que fazem com que nós não olhemos para dentro. Sócrates disse que o verdadeiro conhecimento vem de dentro. Somos de dentro para fora e não o contrário!

Responsabilidade é fundamental para ser o líder de sua vida! No momento que tu percebes e assumes que o sucesso de tua carreira depende exclusivamente de ti e de seu esforço, todas aquelas reclamações, dúvidas e problemas se tornam menores. Afinal, existe alguma carreira que te garanta sucesso meteórico e garantido? Assuma a responsabilidade e consequências de suas atitudes! Caso suas atitudes estejam te levando a um resultado que não goste, mude suas atitudes! Einstein já dizia, fazer a mesma coisa e esperar um resultado diferente é loucura!

Sabendo o que tu fazes bem, assim como o que te faz bem, tu podes estabelecer suas metas, tanto pessoais como profissionais. Assumindo que para chegar lá, o único responsável és tu, agora só posso te dizer: dedique-se a isso! Quem sabe concentrar-se numa coisa e insistir nela como único objetivo, obtém, ao fim e ao cabo, a capacidade de fazer qualquer coisa, palavras de Gandhi.” Dedicação e disciplina para não desistir ou desviar de seu caminho quando as dificuldades aparecerem. Sim, elas vão aparecer!

Espero que minhas palavras tenham feito sentido pra vocês! Além dos artigos que publicarei aqui no Blog Biomedicina Brasil, vocês podem participar da vivência "Direcionamento e Planejamento de Carreira para Biomédicos" que criei para ajudar os biomédicos e alunos de biomedicina a desenvolverem essas importantes habilidades e atingirem o tão sonhando sucesso profissional! Este trabalho está sendo levado para várias universidades do Brasil e a próxima edição pode ser na sua! Pergunte-me como!


Marcos Schott é biomédico com habilitação em Análises Clínicas, formado pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas-RS e sócio da Clinemp - Clínica da Saúde Empresarial. Formado em Professional and Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching atua como coach desenvolvendo equipes e lideranças em empresas e comércio. Criador do curso Direcionamento e Planejamento de Carreira para Biomédicos ofertado em diversas universidades do Brasil.
E-mail: contato@coachingparabiomedicos.com.br
Site: www.coachingparabiomedicos.com.br
Facebook: Marcos Schott

Artigos populares

Tubos para coleta de sangue

Os tubos de coleta de sangue são estéreis, feitos de vidro ou plástico e alguns possuem vácuo. Comumente utilizados em punções venosas, eles são projetados para a coleta, transporte e processamento das amostras.

O interior destes tubos pode ser revestido com anticoagulantes e as vedações preservam a integridade da amostra até a chegada ao laboratório. Embora não seja necessário ao coletor conhecer todos os detalhes sobre os procedimentos analíticos dos testes hematológicos, é essencial conhecer o tipo de amostra necessária para cada análise.


Tipo de Análise - Tipo de Amostra Bioquímica e Sorologia - Soro ou plasma Hematologia - Sangue total com EDTA Glicemia - Plasma com fluoreto de sódio Coagulação - Plasma com citrato de sódio
Tubos para coleta
A amostra deve ser coletada em tubos específicos para cada tipo de análise, sendo de extrema importância conhecê-los para a realização correta do exame. O material colhido em recipiente inadequado será rejeitado e descartado pelo laboratório p…

Conheça os principais meios de cultura

O crescimento dos microrganismos nos diferentes meios de cultura utilizados fornece as primeiras informações para a sua identificação. É importante conhecer o potencial de crescimento de cada meio de cultura e adequar ao perfil bacteriano esperado para cada material.


Alguns procedimentos são essenciais na hora da preparação de cada meio de cultura para a obtenção de melhores resultados e evitar contaminações, como nos diferentes casos: quando distribuir o meio antes de autoclavar, os tubos não precisam estar esterilizados; quando distribuir o meio após a autoclavação, os tubos, frascos, placas, pipetas e vidrarias ou materiais auxiliares obrigatoriamente devem ser estéreis e os meios devem ser autoclavados com as tampas semi-abertas, para que a esterilização seja por igual em todo o conteúdo dos tubos - tampas fechadas não permitem a entrada do vapor.

Ágar nutriente (AN)

Meio relativamente simples, de fácil preparo e barato, muito usado nos procedimentos do laboratório de microbiologi…

Vírus Epstein-Barr

O vírus Epstein-Barr, frequentemente referido como EBV, é um membro da família dos herpesvírus e um dos mais comuns nos humanos. O vírus ocorre em todo o mundo, e a maioria das pessoas é infectada com EBV em algum momento durante suas vidas.


Crianças tornam-se suscetíveis ao EBV tão logo a proteção de anticorpos maternos (presente no nascimento) desaparece. Muitas crianças são infectadas com EBV, e essas infecções geralmente não causam sintomas ou são indistinguíveis. Nos países desenvolvidos, muitas pessoas não estão infectadas com EBV na infância. Quando a infecção com EBV ocorre durante a adolescência ou na idade adulta jovem, provoca a mononucleose infecciosa em 35% a 50% dos casos.

Os sintomas da mononucleose infecciosa são febre, dor de garganta e aumento dos gânglios linfáticos. Às vezes, há o envolvimento do fígado e do baço. Problemas cardíacos ou envolvimento do sistema nervoso central ocorrem raramente, e a mononucleose infecciosa quase nunca é fatal. Não há associações co…